08/2021

Na Itália, Henrique Avancini busca pódio inédito no Mundial de ciclismo mountain bike

Atleta do Time Ajinomoto, que obteve o melhor resultado da história da modalidade nos Jogos de Tóquio, volta à pista a partir desta quinta-feira (26)

São Paulo, agosto de 2021 – Após cumprir sua participação nos Jogos de Tóquio, onde assegurou a melhor classificação do Brasil no ciclismo mountain bike na história da competição, ao finalizar em 13º lugar, o ciclista Henrique Avancini, atleta do Time Ajinomoto, busca esta semana um novo feito inédito. A partir desta quinta-feira (26), ele inicia sua participação no Campeonato Mundial da modalidade em Val di Sole, na Itália, onde tentará pela primeira vez chegar ao pódio da competição.

Na edição do ano passado, realizada em Leogang, na Áustria, Avancini terminou na 10ª posição. O melhor resultado que o ciclista do Time Ajinomoto alcançou em Mundiais foi o quarto lugar, posição que ele conseguiu duas vezes, em Cairns, na Austrália, em 2017, e em Lenzerheide, na Suíça, em 2018.

A caminhada de Avancini no Mundial de 2021 começa nesta quinta-feira (26), quando será realizada a disputa da prova do short track (XCC), que pela primeira vez integra a programação da competição. Trata-se de uma versão mais curta do cross country (XCO), com cerca de 20 minutos de duração e em um trajeto menor. No sábado (28), será a vez do evento principal, com o XCO definindo o campeão da temporada.

“Voltar a competir nos grandes eventos na Europa é sempre bom e o Campeonato Mundial é uma data marcante para os atletas do MTB. Neste ano, nós temos a disputa pelo título mundial de short track (XCC) também em formato diferente, pois precisaremos passar por uma qualificatória, em que avançam só os 20 primeiros de cada bateria. Na quinta-feira (26), será esta competição e no sábado (28), voltamos a competir pelo troféu do XCO”, diz Henrique Avancini

você está sendo
Redirecionado
Para um link fora de
ajinomoto.com.br

X