08/2021

Após batalha de quase três horas, Gustavo Carneiro perde em sua estreia no tênis em cadeira de rodas dos Jogos de Tóquio

Atleta do Time Ajinomoto foi superado pelo sul-africano Leon Els por 2 sets a 1 e agora passa a se preparar para a estreia da competição de duplas     
 
São Paulo, agosto de 2021 – Em uma partida dramática e que durou 2h39min, o brasileiro Gustavo Carneiro, atleta do tênis em cadeira de rodas e integrante do Time Ajinomoto, perdeu em sua estreia na chave de simples dos Jogos de Tóquio. Nesta sexta-feira (27), ele foi superado pelo sul-africano Leon Els por 2 sets a 1, parciais de 1/6, 6/4 e 6/3. Agora, ele passa a se preocupar com a competição de duplas. Neste sábado (28), a partir das 3 horas, Gustavo Carneiro e seu parceiro Daniel Rodrigues enfrentarão a dupla da Austrália formada por Martyn Dunn e Ben Weekes.

A estreia de Gustavo Carneiro foi bastante conturbada pelas condições climáticas em Tóquio. Por causa do forte calor na capital japonesa, a rodada teve seu início adiado nas quadras descobertas para o começo da noite. Após muitas horas de espera, o confronto do tenista brasileiro, 37º do ranking mundial, acabou sendo o último do dia, na quadra central da Ariake Tennis Centre Court.

Toda a expectativa para a estreia não atrapalhou Carneiro no primeiro set, que quebrou o saque do sul-africano logo no primeiro game e conseguiu controlar a partida com tranquilidade. Em apenas 33 minutos, ele fechou a parcial em 6/1.  O segundo set marcou uma disputa acirrada entre os dois jogadores, com 1h11min de duração. Leon Els conseguiu uma quebra fundamental no nono game e fechou em 6/4. No último set, o jogo esteve equilibrado até o sétimo game, quando o sul-africano voltou a quebrar o saque de Carneiro e fechou o jogo em 6/3.

“Não é fácil mesmo. Estou chateado pela derrota, mas vida que segue. Não é só alegria, tem muito aprendizado também. Agora, é pensar na disputa das duplas aqui em Tóquio”, afirmou Gustavo Carneiro em suas redes sociais.

Gustavo Carneiro, que teve parte da perna esquerda amputada por causa de um câncer, descobriu em abril de 2018 o tênis em cadeira de rodas e voltou ao esporte que já praticava antes. Desde então, conquistou vários títulos internacionais, como o título de simples do Cañuelas Open, na Argentina, além de vencer o torneio de duplas e ficar com o vice em simples no Barranquila Open, na Colômbia, todos em 2019.

Projeto Vitória 
O Time Ajinomoto faz parte do Projeto Vitória, iniciativa criada pela empresa em 2003, no Japão, e que chegou ao Brasil em 2019 com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do esporte nacional. Atualmente, 32 atletas olímpicos e paralímpicos compõem o grupo e recebem suporte relativo à nutrição e aos benefícios da ingestão de aminoácidos por esportistas de alto rendimento.

Sobre a Ajinomoto do Brasil
Presente no Brasil desde 1956, a Ajinomoto é uma multinacional japonesa e referência mundial em aminoácidos. A empresa oferece produtos de qualidade tanto para o consumidor como insumos para as indústrias alimentícia, cosmética, esportiva, farmacêutica, de nutrição animal e agronegócios. Atualmente, a unidade brasileira é a terceira mais importante do Grupo Ajinomoto fora do Japão, atrás apenas da Tailândia e dos Estados Unidos. A linha de produtos da empresa voltada ao consumidor é composta pelo tempero umami AJI-NO-MOTO®, AJI-SAL®, Tempero SAZÓN®, Caldo SAZÓN®, SAZÓN® Tempera & Prepara, RECEITA DE CASA™, HONDASHI® e SABOR A MI®, além das sopas individuais VONO® e da linha de sopas cremosas e claras VONO® Chef. Também se destacam os refrescos em pó MID® e FIT Zero Açúcar, o azeite de oliva extra virgem TERRANO® e o azeite de oliva tipo único TERRANO®, o SATIS!® Molho Shoyu, além de aminoVITAL® GOLD e aminoVITAL® GOLD DRINK MIX, produtos compostos por nove aminoácidos essenciais para a recuperação de atletas e entusiastas do esporte. No Brasil, a companhia também atua no segmento de food service (alimentação fora do lar). Com quatro unidades fabris, localizadas no estado de São Paulo, nas cidades de Limeira, Laranjal Paulista, Valparaíso e Pederneiras, e sede administrativa na capital, emprega cerca de 3 mil funcionários e atende tanto ao mercado interno como ao externo. O Grupo Ajinomoto obteve faturamento global de US$ 10,1 bilhões e nacional de R$ 2,7 bilhões no ano fiscal de 2020. Atualmente, está presente em 35 países, possui 121 fábricas e cerca de 32 mil funcionários em todo o mundo. Para saber mais, acesse www.ajinomoto.com.br.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA | AJINOMOTO DO BRASIL
Race Comunicação

Tel.: (11) 2894-5607/2548-0720
Marcelo Laguna – Cel.: (11) 99184-7864 – marcelolaguna@agenciarace.com.br
Wilson Barros – Cel.: (11) 99607-1746 – wilsonbarros@agenciarace.com.br

você está sendo
Redirecionado
Para um link fora de
ajinomoto.com.br

X