07/2022

Com decisão polêmica, Rafael Silva perde na estreia no Grand Slam de Budapeste e agora busca medalha no Grand Prix de Zagreb

Em competição que abriu a contagem de pontos no ranking para os Jogos de Paris, o atleta do Time Ajinomoto foi derrotado pelo rival holandês e tenta pódio na Croácia

São Paulo, julho de 2022 – A corrida para os Jogos de Paris, em 2024, já começou no judô. O ranking olímpico de classificação da IJF(Federação Internacional de Judô) passou a ser computado neste último final de semana, com a disputa do Grand Slam de Budapeste, na Hungria. A competição contou com a participação de Rafael Silva, o Baby, integrante do Time Ajinomoto. Mas o peso pesado (+ 100 kg) não conseguiu passar da estreia, pois acabou derrotado pelo holandês Jelle Snipe, em decisão polêmica.

Logo no início do combate, Baby aplicou um golpe que derrubou Snipe, um waza-ari, mas que acabou retirado pelo árbitro. A luta prosseguiu e após receber três shidos (punições), Rafael Silva acabou sendo derrotado pelo holandês e eliminado.

Agora, o judoca, duas vezes medalhista olímpico (bronze em Londres-2012 e Rio-2016) volta sua atenção para a disputa do Grand Prix de Zagreb, na Croácia. O torneio, que acontecerá sexta-feira (15) e domingo (17), dará ao campeão de cada categoria 700 pontos no ranking. A competição também contará com a participação da outra judoca do Time Ajinomoto, Larissa Pimenta, na categoria até 52 kg.

Contato via WhatsApp

você está sendo
Redirecionado
Para um link fora de
ajinomoto.com.br

X