09/2021

Com direito a recorde, Alex Pires conquista a medalha de prata na maratona dos Jogos de Tóquio

Atleta do Time Ajinomoto coloca o Brasil de volta ao pódio na prova mais desgastante do atletismo com uma atuação consistente e quebrando o recorde das Américas     

São Paulo, setembro de 2021 – Com uma atuação consistente ao longo de todo o percurso, em que sempre ficou no pelotão dos líderes, o brasileiro Alex Pires, atleta do Time Ajinomoto, conquistou neste sábado (4), manhã de domingo (5) no Japão, a medalha de prata na maratona, pela classe T46 (deficiência nos membros superiores) dos Jogos de Tóquio. Além da medalha, o brasileiro ainda alcançou o recorde das Américas na prova mais desgastante do atletismo, ao marcar o tempo de 2h27min.

O resultado de Alex Pires foi também a quarta medalha do Brasil na maratona na história dos Jogos. A última vez ocorreu nos Jogos de Londres, em 2012, com o ouro de Tito Sena.

Ao contrário da expectativa inicial, a chuva marcou toda a maratona em Tóquio, o que aliviou um pouco a vida dos competidores, que temiam pelos efeitos do calor do verão japonês. Mesmo assim, o pelotão dos líderes, no qual Alex Pires ficou todo o tempo, não forçou demais o ritmo, apostando em uma estratégia conservadora, como o atleta do Time Ajinomoto já havia previsto dias atrás.

“Eu procurei fazer uma corrida inteligente e tentar ficar o mais próximo possível do grupo da frente. Claro que para isso dependeria do ritmo que os demais competidores estivessem fazendo, porque não adiantava estar junto do grupo correndo forte e todo mundo quebrar. Acabei fazendo a minha corrida e comecei a crescer o ritmo no meio da prova. No quilômetro 30 encostei no segundo e terceiro colocados, consegui passá-los e tentei buscar o líder. Deu certo a estratégia e fui feliz”, afirmou o atleta gaúcho de 31 anos, natural de Sapiranga.

Alex Pires reconhece que ainda está caindo a ficha pelo feito alcançado em Tóquio. “Claro que na hora que você passa da linha de chegada, um turbilhão de coisas vem à sua cabeça. Tudo o que a gente passa ao longo de tantos anos de carreira, além de tantas pessoas que nos ajudam nesta caminhada, para que eu possa estar aqui representando o meu país. Fico muito feliz de estar aqui e honrá-los com esta medalha”, disse o brasileiro, que, na linha de chegada no Estádio Olímpico, imitou a famosa comemoração do “aviãozinho”, consagrada por Vanderlei Cordeiro de Lima nos Jogos de Atenas, em 2004, que ficou com a medalha de bronze na época.

“Eu imaginei repetir o gesto apenas naquela hora, quando lembrei da chegada do Vanderlei na maratona de Atenas. Tinha pensado em outras coisas, mas na hora não lembrei e resolvi homenageá-lo desta forma”, explicou Alex Pires. 

Alex Pires descobriu que possuía um encurtamento no braço esquerdo com oito anos de idade. Procurou tratamento, mas devido à complexidade em perder o movimento do membro, optou por não fazer a cirurgia. Começou a praticar o atletismo paralímpico em 2007, primeiro se dedicando às provas de meio-fundo de pista (800 e 1.500 m), passando a se dedicar à maratona a partir de 2016. Neste ciclo, conquistou a medalha de ouro no Mundial de Londres, em 2017.
 
Projeto Vitória 
O Time Ajinomoto faz parte do Projeto Vitória, iniciativa criada pela empresa em 2003, no Japão, e que chegou ao Brasil em 2019 com o objetivo de contribuir para o fortalecimento do esporte nacional. Atualmente, 32 atletas olímpicos e paralímpicos compõem o grupo e recebem suporte relativo à nutrição e aos benefícios da ingestão de aminoácidos por esportistas de alto rendimento.

Sobre a Ajinomoto do Brasil
Presente no Brasil desde 1956, a Ajinomoto é uma multinacional japonesa e referência mundial em aminoácidos. A empresa oferece produtos de qualidade tanto para o consumidor como insumos para as indústrias alimentícia, cosmética, esportiva, farmacêutica, de nutrição animal e agronegócios. Atualmente, a unidade brasileira é a terceira mais importante do Grupo Ajinomoto fora do Japão, atrás apenas da Tailândia e dos Estados Unidos. A linha de produtos da empresa voltada ao consumidor é composta pelo tempero umami AJI-NO-MOTO®, AJI-SAL®, Tempero SAZÓN®, Caldo SAZÓN®, SAZÓN® Tempera & Prepara, RECEITA DE CASA™, HONDASHI® e SABOR A MI®, além das sopas individuais VONO® e da linha de sopas cremosas e claras VONO® Chef. Também se destacam os refrescos em pó MID® e FIT Zero Açúcar, o azeite de oliva extra virgem TERRANO® e o azeite de oliva tipo único TERRANO®, o SATIS!® Molho Shoyu, além de aminoVITAL® GOLD e aminoVITAL® GOLD DRINK MIX, produtos compostos por nove aminoácidos essenciais para a recuperação de atletas e entusiastas do esporte. No Brasil, a companhia também atua no segmento de food service (alimentação fora do lar). Com quatro unidades fabris, localizadas no estado de São Paulo, nas cidades de Limeira, Laranjal Paulista, Valparaíso e Pederneiras, e sede administrativa na capital, emprega cerca de 3 mil funcionários e atende tanto ao mercado interno como ao externo. O Grupo Ajinomoto obteve faturamento global de US$ 10,1 bilhões e nacional de R$ 2,7 bilhões no ano fiscal de 2020. Atualmente, está presente em 35 países, possui 121 fábricas e cerca de 32 mil funcionários em todo o mundo. Para saber mais, acesse www.ajinomoto.com.br.

INFORMAÇÕES PARA IMPRENSA | AJINOMOTO DO BRASIL
Race Comunicação

Tel.: (11) 2894-5607/2548-0720
Marcelo Laguna – Cel.: (11) 99184-7864 – marcelolaguna@agenciarace.com.br
Wilson Barros – Cel.: (11) 99607-1746 – wilsonbarros@agenciarace.com.br
 

você está sendo
Redirecionado
Para um link fora de
ajinomoto.com.br

X