03/2022

Alana Maldonado inicia temporada 2022 vencendo o Grand Prix de Judô Paralímpico em São Paulo

Judoca do Time Ajinomoto, primeira brasileira campeã dos Jogos Paralímpicos, levou o ouro na competição que marcou a estreia das novas regras da modalidade

Primeira mulher a se tornar campeã dos Jogos Paralímpicos no judô, com o ouro obtido nos Jogos de Tóquio no ano passado, Alana Maldonado, integrante do Time Ajinomoto, começou a temporada 2022 comemorando um novo título. Neste sábado (19), ela venceu o Grand Prix de Judô, realizado no CT Paralímpico, em São Paulo (SP). O evento serviu para dar aos atletas o primeiro contato com as novas regras do judô paralímpico, que foram aprovadas pela IBSA (Federação Internacional de Esportes para Cegos) e são válidas para o ciclo até os Jogos de Paris, em 2024.

Alana passará a integrar a classificação oftalmológica chamada J2, reunindo atletas que tenham percepção de vulto ou definição de imagem. Os atletas que são totalmente cegos passam a competir entre si na classificação J1. Além disso, foram feitas mudanças nas categorias de peso, com a exclusão de quatro divisões no masculino e duas outras no feminino.

Em relação à judoca do Time Ajinomoto, nada mudou, tanto que ela segue competindo na categoria até 70 kg. No sábado, ela levou o título do Grand Prix derrotando na final Michele Ferreira, que até o ano passado competia nos 63 kg. “Essa competição foi muito importante para conhecer as novas adversárias aqui do Brasil, fazer as adaptações à nova categoria e assim poder competir no exterior com tudo certo”, disse Alana.

Contato via WhatsApp

você está sendo
Redirecionado
Para um link fora de
ajinomoto.com.br

X